Nosso amor é fermata #4 - símbolos na cerimônia

10.11.17

Olha quem voltou: post do casamento!!

Esse mês de novembro fizemos três anos de casados e lembrei que ainda tem alguns detalhes do nosso dia pra falar aqui. Então dessa vez vim contar sobre os "símbolos" que tivemos na nossa cerimônia.

Já falei sobre a assessoria e o local aqui no post #1; decoração, bolo e buquê no post #2 e hotel, vestido e beleza no post #3.

SÍMBOLOS

Quando eu navegava pela internet em busca de inspirações pro nosso casamento, vi muitos gestos e atitudes simbólicas carregadas de sentimentos e significados. Tem o "lava pés", onde os noivos lavam os pés dos pais ou mesmo um do outro como sinal de respeito, honra e serviço. Vi os noivos guardando os votos numa caixinha com uma garrafa de vinho junto, aí fecha a caixa com pregos e a caixa só será aberta um dia que o casal brigar, aí o vinho é para a reconciliação. Tem o nome das amigas na barra do vestido da noiva, avós ou pessoas importantes na vida do casal entrando com a aliança ou bíblia ou ainda flores, enfim, você monta seu casamento do seu jeitinho e coloca nele elementos que são importantes e fazem sentido pra vocês!

No nosso casamento tivemos basicamente 3 símbolos: meus avós entraram com a bíblia; guardamos nossos votos e costuramos o saquinho e devolvi para meus pais as chaves de casa.

ENTRADA DA BÍBLIA

Decidi que queria ter a entrada da bíblia porque ela é muito importante nas nossas vidas. Ganhei das minhas amigas uma Bíblia "Presente de Casamento", linda, de capa branca e foi ela que quis que meus avós levassem. Eles têm mais de 60 anos de casados são minha inspiração de casal: viver juntos até que a morte os separe. Também são cristãos, então achei que seria bem emocionante vê-los entrando, juntos, levando nas mãos a Palavra de Deus. E foi lindo!!!




NOSSOS VOTOS

Achei que arrumar uma caixa e fecha-la com prego seria muito trabalhoso e não seria muito delicado pro momento, então decidi que guardaríamos nossos votos num saquinho que nossa assessora arrumou e fecharia ele com uma costura. O objetivo disso é que numa eventual briga, a gente pegue esse saquinho, abra e releia os votos, relembrando tudo aquilo que prometemos ser e fazer um pro outro. E assim fazer as pazes, hehehe...



Até hoje sequer passamos perto de querer abrir o saquinho. Obrigada, Senhor!

DEVOLUÇÃO DAS CHAVES

Essa atitude eu vi uma única vez, no instagram de um conhecido. Ele havia postado uma foto, se não me engano, do casamento da irmã dele e comentou que ela estava devolvendo para os pais as chaves de casa. Achei aquilo um gesto maravilhoso de gratidão e decidi que queria fazer também.

Até eu me casar, morei na casa dos meus pais desde que nasci. Sempre tive do bom e do melhor na casa deles. Eles sempre cuidaram de mim e me deram o máximo de conforto que eles podiam. Então eu queria agradece-los publicamente por toda a minha vida na casa deles, queria honra-los por tudo o que fizeram por mim.

Foi uma surpresa. Só eu, Duca e nossa assessora que sabíamos, mais ninguém. As chaves eram simbólicas, não exatamente as chaves de casa. E elas estavam dentro de um saquinho de pano. Foi um momento muito emocionante, a gente chorou pra caramba! :')



Ah! Meu buquê eu não joguei, eu fiz com fitas. Todo casamento que já fui, na hora de jogar o buquê a mulherada fica ensandecida e isso me incomoda. Uma vez fui num casamento e eu estava com um vestido longo maravilhoso que eu amava de paixão, aí na hora do buquê, quando a noiva jogou, uma menina praticamente pulou em cima de mim, pisou no meu vestido e com o salto ela rasgou uma parte da saia do vestido. Fiquei muito muito chateada. Daí eu decidi: não quero essa maluquice no meu casamento. Fiz, então, aquele buquê com fitas que, além de ser mais tranquilo, é uma brincadeira diferente e fica bonito nas fotos! ♥




Basicamente é isso. Se ficou com alguma dúvida ou curiosidade, só comentar aí que eu respondo! :)

você também pode gostar:

0 comentários

fala comigo! :)