Nosso amor é fermata #2 - decoração, buquê e bolo

18.4.16

Nesse post vou falar um pouquinho sobre a decoradora que escolhi para cuidar da decoração, do bolo, buquê, lapelas e tiara de flores da daminha no meu casamento. Sim! Ela cuidou de tudo isso. 

Esse é o segundo post sobre os detalhes do nosso casamento. O primeiro, em que falei sobre o local e assessoria, você pode ver aqui.

Decoração

Um tempinho antes de pensar em casar eu já acompanhava pelo Instagram a Juliane Amoreira. Temos muitos amigos em comum e então passei a segui-la e admirar o delicado trabalho de decoração dela. Além disso, ela sempre postou foto de brigadeiros e bolos aparentemente deliciosos. Como falavam muito bem desses doces, passei a desejar também, hehe...

Eu não conhecia nenhuma outra pessoa que fizesse decoração em São Paulo, e antes mesmo que minha assessora Lu Carniti me indicasse alguns nomes, comentei da Ju, que também é conhecida dela. A Lu adorou a ideia de estarmo entre amigas, e então fizemos o orçamento. Fechei!

Fechar com a Ju me deixou muito feliz pela admiração quanto ao trabalho, pelo orçamento super acessível e também pelo fato dela já conhecer um pouco da gente. E eu queria justamente isso: que só pessoas que nos conheciam estivessem com a gente na preparação do casamento.

Na primeira reunião que tivemos ela já me levou algumas referências e eu amei tudo! Por ver que ela sabia exatamente como são meus gostos, deixei completamente livre pra criar e fazer do lugar em que casamos ainda mais bonito. Só especifiquei alguns poucos detalhes que queria, como abusar das luzinhas e das nossas poesias dispostas pelo local em porta retratos. Peguei trechos de conversas minhas com o Duca durante nosso namoro e alguns trechos de poesias que eu escrevi e que ele escreveu, e enviei pra ela. O resultado ficou ♥!



Na liberdade que teve, a Ju Amoreira escolheu flores lindas e tocos de madeira aquarelados que combinaram muito com o lugar e com o nosso estilo. Tudo na medida certa, sem exageros. No espaço do bolo, doces e lembrancinhas, ela utilizou muitos livros, pedaços de páginas de livros em formato de coração, máquina de escrever, tudo o que remete ao nosso gosto por poesias. Na mesa, louças lindas foram usadas de suporte para os doces (doces que comprei da Josefa Gameiro, de Santo André). Além disso, num espeço dedicado para fotografias divertidas do Diga Xiiis (num próximo post mostro nosso Diga Xiiis), ela fez uma parede de páginas de livros também aquareladas e em todo o corredor por onde entramos, havia uma cortininha de coraçõezinhos de papel.



Tivemos dois encontros pessoalmente e o restante do tempo fomos nos falando por e-mail, já que eu morava em Campo Grande e estávamos organizando o casamento para acontecer em São Paulo. Ao longo do trabalho eu enviava algumas referências do que eu gosto e fui ficando cada vez mais ansiosa e curiosa pra ver o resultado final. No grande dia fiquei extremamente encantada com a delicadeza, a beleza e de como tudo tinha muito a ver com a gente! A Ju acertou em cheio.

Buquê

Não fazia ideia de quem eu poderia contratar pra cuidar do meu buquê e ao comentar isso com a Ju ela de dispôs a ver isso pra mim. Obviamente fiquei muito satisfeita e aliviada por poder contar com ela em mais esse trabalho.

Já havia visto pela internet buquês de algodão e meu coração acelerava. Era aquilo que eu queria! Disse pra Ju meu desejo e mandei algumas referências pra ela. Comentei ainda que se fosse muito difícil de conseguir, minha segunda opção era um buquê de lavanda ou de trigo. Mas ela conseguiu um buquê literalmente fofo.

Só vi meu buquê na hora que cheguei no local para o casamento. Quase chorei! Confiei o tempo todo no trabalho da Ju e ela me surpreendeu em tudo! Ela ainda preparou as lapelas e a tiara de flores da daminha, que eu também já tinha mandado referências do que queria.


Ah! Não joguei meu buquê de algodão para as amigas solteira por dois motivos: queria guardá-lo para mim e também porque nunca gostei desse momento - às vezes até violento - do buquê nos casamentos. Queria algo diferente, sem histeria entre as convidadas, hehe... Então decidi pelo buquê de fitas e a Juliane preparou pra mim. Era um arranjo menor, de flores de verdade, com várias fitas que distribuí para a mulherada. Além de ficar lindo nas fotos, evita aquelas "guerras corporais" das amigas solteiras para pegar o buquê!


Ainda tenho o buquê de algodão guardado e quase dois anos de casamento ele continua lindo e intacto! ♥

Bolo

Se tem uma certeza que sempre tive na vida, é: nunca quis bolo falso no meu casamento! Nada contra, mas eu simplesmente não gosto. Acho... falso! hahaha...

E nas buscas por inspirações para meu casamento, havia visto muitos tipos de bolo de verdade que era lindos e faziam meu estilo. Como a Ju é doceira também, ela me apresentou dois tipos de recheios de bolo para degustar. Eu adorei o de doce de leite com abacaxi. E fechei com ela.

A apresentação do bolo eu já havia dado referências pra ela e pedi dicas para o topo. Não comprei bonequinhos de topo de bolo e havia pensado em colocar foto nossa. Mas de última hora decidi por um varalzinho e deixei que a Juliane criasse. Ela, mais uma vez, me surpreendeu!

Além de delicioso, o bolo estava lindo, com um topo totalmente personalizado. Amei todos os detalhes!!!


Além de decoração de casamentos, a Ju decora de festas de aniversário, prepara lembrancinhas lindas e cuida de detalhes que deixam as festas mais especiais.

A quem interessar: a Juliane Amoreira tem Fanpage e Instagram.

Obs. Ainda tem bastante assunto para próximos posts sobre nosso casamento, como os símbolos que tivemos na cerimônia, quem foram nossos fotógrafos, quem fez nosso vídeo, meu vestido, nossas lembrancinhas... e se quiserem saber mais algum detalhe, só deixar um comentário aqui! ;)

você também pode gostar:

0 comentários